|

Cine Ansiedade: 15 ou 30 minutos?

| blog

Eu viajo pelo tempo, dentro de constantes picos emocionais, corro para fugir da sensação que devora a minha alma e tira minha paz.

15 ou 30 minutos?

Eu não sei ao certo, mas tive a infeliz impressão de viver dentro de um loop infinito, tudo se maximizava em milhões de reações adversas, eu me perdia dentro daqueles tantos sintomas estranhos.

Toda aquela percepção racional se esvaia do meu ser

Já não me reconhecia, e quem assumia o comando era a emoção

Torpe emoção enfadonha, porque roubastes a minha racionalidade?

O que ganhastes me levando embora?

15 ou 30 minutos?

Alguém afere minha pressão? Meça esse cão? E minha oxigenação?

E durante todo aquele imbróglio, a razão queria voltar, dialogar, ela queria me acalmar

E quase todos os meus músculos se enrijeceram involuntariamente, se contraiam violentamente, e aos poucos era agraciado com um intenso formigamento que abraçava meu corpo e me pegava pelas mãos sorrateiramente.

No meio daquele furacão, daquela erupção emocional, no meio do curto-circuito, eu começava a tomar consciência, e ali eu já sabia que tudo não passava de um grande truque.

Vivia uma farsa, uma grande mentira que eu inventei…

Respira… Fica calmo…

E ainda me perco na grande pergunta, na incógnita inalcançável…

São 15 ou 30 minutos?

Autor: Gustavo Rugila

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: