fbpx

|

A última carta de amor do ano…

| blog

Esse ano não poderia ser diferente, recheado de amores, de frustrações, de nãos, e de vez em quando um sim ou um talvez, para não perder o jeito.

Foi um ano incrível, repleto de peripécias, de fascinações, novos amores e horrores, apaixonado sempre, angustiado as vezes, entretanto buscando seu sorriso, mesmo que longe e inalcançável, buscando-o todos os dias dentro da minha realidade paralela a versão perfeita do nosso romance sem chances, é eu sei não vai rolar…

E nem por isso meu amigo eu vou lamentar, sou bicho solto, e busco incansavelmente o meu amor…

Alguém para chamar de meu docinho, minha azedinha, alguém para compartilhar os momentos, e planejar o desconhecido, o futuro.

Minha última carta de amor do ano, precisava vir carregada de sentimentos nobres, das mais belas sensações, de lírios rosas, e abençoada de bons agouros.

Nesse meu folhetim, que alguns teimam em chamar de vida, que sejamos felizes, buscando a excelência, bons relacionamentos, amizades profícuas, e que não falte amor, tolerância e compaixão.

Você é dona do meu coração partido, das minhas lamentações diárias, da minha admiração pelo seu semblante bonito, desses seus olhos fictícios, tão seus que já foram meus por alguns instantes, é para você que eu dedico minha última carta de amor deste ano.

E agora só agora, me permita virar a página, do que foi e do que nunca mais será, me permita abrir o meu coração para o novo, para alguém que cuide bem desses caquinhos remanescentes, alguém que tenha o dom de reconstruir meu coração devagarinho e com muito esmero.

Porque só hoje, e hoje, eu viro a página, e me dou por satisfeito a nossa histórica acabou, meu platonismo morreu, e você será sempre uma boa lembrança de um grande amor.

Não deixarei de ser excêntrico, buscarei minha amada mesmo que isso seja uma longa jornada, não tenho pressa, pois sei que no tempo certo você aparece.

E assim eu vou me despedindo do velho ano, ansiando um novo alguém para o ano que vem!!!

Autor: Gustavo Rugila

4 Responses to " A última carta de amor do ano… "

  1. Paula disse:

    Me representa! 😘

  2. Geovany disse:

    Excelente!

  3. Nelci Reis Sales de Araujo disse:

    É algo sublime as palavras desse folhetim de Gustavo…Nunca li algo tão meigo, lindo, doce com o aroma de rosas…Encerra-se um ciclo…Inicia-se outro em 2018…Que venha com muito sucesso, saúde , paz e, principalmente, AMOR…

  4. Isolda disse:

    “Porque só hoje, e hoje, eu viro a página, e me dou por satisfeito a nossa histórica acabou, meu platonismo morreu, e você será sempre uma boa lembrança de um grande amor.” Belíssimas palavras, não vire apenas a página, troque o livro. Escreva um novo,que seja repleto de aventura, romance, alegria. Não é porque uma rosa te espetou que as demais perderam sua essência e aroma. A vida é espetacular, uma caixinha de surpresas. Que seja como as estrelas no céu, apaixonante, uma imensidão a ser apreciada e desvendada. Cada detalhe e instantes de nossas vidas é um eterno milagre. Quem dera todos soubessem amar, na forma mais sublime do ser. Parabéns as belas palavras, sucesso.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: